DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS PARA UMA TEMÁTICA RECORRENTE: EMANCIPAÇÃO DA MULHER ENQUANTO PRESSUPOSTO DA CIDADANIA

Autores

  • Luciane de Freitas Mazzardo Universidade de Santa Cruz do Sul -
  • Marli Marlene Moraes da Costa Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

DOI:

https://doi.org/10.22171/rej.v18i28.1394

Resumo

O mundo, em sua conformação atual, alberga muitas vicissitudes e contradições, ancoradas em condicionantes históricos, socioculturais, econômicos e religiosos, que se manifestam em um quadro de severas desigualdades sociais. Com suporte nessa premissa inicial, o presente trabalho busca investigar o quanto essa herança intergeracional, de conceitos incorporados e (re)produzidos no imaginário coletivo, faz com que as assimetrias e opressões de gênero subsistam em diversos níveis do tecido social, anteparando o processo emancipatório e o  exercício de substancial parcela de direitos legais de cidadania por parte das mulheres, sujeitos historicamente discriminados por padrões sexistas. Na sequência, abordam-se os desafios vislumbrados nos discursos hegemônicos e canais midiáticos no tocante à difusão de uma cultura de estereótipos e preconceitos que militam em desfavor das mulheres, configurando novas formas de subjugação feminina. Trata-se de um trabalho que utiliza o método de abordagem dedutivo, de natureza bibliográfica, sob a perspectiva de autores como Sen, Vieira, Bauman, Santos, Perrot, Foucault, Beauvoir, Bourdieu, entre outros, com suas fundamentadas contribuições à análise da temática, que permanece desafiadora. 

Biografia do Autor

Luciane de Freitas Mazzardo, Universidade de Santa Cruz do Sul -

Mestranda em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, área de concentração Direitos Sociais e Políticas Públicas, na linha de pesquisa de Políticas Públicas de Inclusão Social, orientada pela Pós-Doutora Marli Marlene Moraes da Costa. Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Luterana do Brasil - ULBRA. Graduada em Direito pela Universidade Luterana do Brasil - ULBRA Graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Franciscano - UNIFRA. Especialista em Fundamentos da Educação pelo Centro Universitário Franciscano - UNIFRA. Especialista em Supervisão Escolar pela Universidade Cândido Mendes - UCAM/RJ. Professora do Curso Normal - IEEOB - Formação de Professores em Educação Básica, na área de Fundamentos da Educação, disciplinas de Didática, Psicologia Educacional e Políticas Públicas Educacionais. Tem experiência na área de Direito Civil e Processual Civil, com ênfase na área do Direito de Família, Direitos Humanos das Mulheres, Direito da Criança e do Adolescente e Justiça Restaurativa, com trabalhos e capítulos de livros apresentados e publicados em eventos nacionais e internacionais. Integrante do Grupo de Pesquisas certificado pelo CNPq: Direito, Cidadania e Políticas Públicas do Programa de Pós-graduação em Direito - Mestrado e Doutorado da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, coordenado pela Pós-Doutora Marli Marlene Moraes da Costa. Advogada.

Marli Marlene Moraes da Costa, Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

Pós-Doutora em Direito pela Universidade de Burgos/Espanha, com Bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Doutora em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, professora da graduação e do Programa de Pós-Graduação em Direito – Mestrado e Doutorado na Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC. Professora da Graduação em Direito na Fundação Educacional Machado de Assis de Santa Rosa – FEMA. Coordenadora do Grupo de Estudos “Direito, Cidadania e Políticas Públicas” da UNISC. Psicóloga com Especialização em Terapia Familiar – CRP nº 07/08955. Autora de livros e artigos em revistas especializadas. Coordenadora do Projeto de Extensão financiado pelo Programa de Apoio a Projetos de Extensão para o Desenvolvimento Social – PAPEDS: “O brincar e a construção da cidadania nas escolas”. Integrante do projeto Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS): “Relações de Gênero e Sistema Penal: violência e conflitualidade nos Juizados Especiais de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher”. Subcoordenadora do Projeto de Implementação do Centro Integrado de Políticas Públicas – CIEPP na UNISC – com verba da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP. Coordenadora do Projeto: “O Direito de proteção contra a exploração do Trabalho Infantil e as Políticas Públicas de Saúde no Brasil”, em parceria com a OIT e o Instituto Ócio Criativo – IOC. E-mail: marlicosta15@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

2015-09-22

Como Citar

Mazzardo, L. de F., & Moraes da Costa, M. M. (2015). DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS PARA UMA TEMÁTICA RECORRENTE: EMANCIPAÇÃO DA MULHER ENQUANTO PRESSUPOSTO DA CIDADANIA. Revista De Estudos Jurídicos Da UNESP, 18(28). https://doi.org/10.22171/rej.v18i28.1394

Edição

Seção

LINHA II Cidadania Social e Econômica e Sistemas Normativos