A MULHER MODERNA: PRÁTICAS URBANAS E VIDA DOMÉSTICA EM SÃO PAULO (1930-1960) * THE MODERN WOMAN: URBAN PRACTICES AND DOMESTIC LIFE IN SAO PAULO (1930-1960)

Sabrina S. Fontenele Costa

Resumo


Este texto apresenta um panorama da presença das mulheres em seus espaços domésticos e sua interação com o espaço urbano de São Paulo em meados do século XX. Período que passaram a usufruir de maneira mais intensa da vida urbana, ampliaram sua formação educacional e entraram no mercado de trabalho. Nos anúncios e textos do período, a imagem da “mulher moderna” está vinculada a figura que circula livremente pela cidade, como também aquela que é responsável pela organização das atividades domésticas. Buscando discutir a dimensão e as contradições dessa representação foram utilizadas como fontes de uma pesquisa qualitativa histórica os anúncios de jornais e revistas, os desenhos e fotografias dos projetos de alguns edifícios e estudos sobre a presença feminina na metrópole.

*

This text presents an overview of the mid-class women’s presence in their domestic spaces and their interaction with the urban space in the middle of the 20th century in São Paulo. The period when they began to enjoy more intensely the urban life, expanded their education and entered the labor market. In the advertisements and texts of the period, the image of the “modern woman” is linked to a figure that circulates freely throughout the city, as well as that which is responsible for the organization of domestic activities. Looking to discuss the dimension and the contradictions of this representation were used as sources of qualitative historical research the advertisements of newspapers and magazines, drawings and photographs of the projects of some buildings and studies on the female presence in the metropolis.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v8i2.2364

 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons